O Juntos pelo Povo (JPP) esteve hoje na Ponta do Sol em contatos com as populações e aproveitou para abordar um tema atual e pertinente: a mobilidade marítima e os custos de transportes que são um aspeto fundamental para a economia da Região.

Élvio Sousa referiu “a disponibilidade no caderno eleitoral de alguns partidos, em colocar a linha ferry como alternativa de transporte aéreo e aproveitou para perguntar ao senhor Secretário-Geral do Partido Socialista “se há uma vontade expressa em colocar um ferry o ano inteiro e semanal, entre a Região Autónoma da Madeira e o Continente, independentemente do porto e porque razão está na gaveta, há quatro anos, a publicação da portaria do subsidio social de mobilidade para a viagens marítimas, da responsabilidade do atual governo da República. Se há uma vontade expressa em concretizar a linha ferry, isto é uma contradição entre aquilo que é dito e aquilo que é feito.”

O cabeça de lista do Juntos pelo Povo afirma que “muitas vezes, os partidos centralistas, só se lembram das Regiões Autónomas quando há eleições.” e pede outro esclarecimento ao senhor Secretário-Geral do PS: “se a linha ferry que está no programa eleitoral do Partido Socialista questiona-se se o custo da carga será competitivo e abaixo dos valores dos fretes pelos porta contentores, porque se assim não for, a economia da ilha continuará a estar refém dos interesses instalados.”

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This