O JPP esteve esta manhã no Estreito de Câmara de Lobos para denunciar um problema “de saúde pública”, segundo Miguel Ganança, candidato à Câmara Municipal de Câmara de Lobos.

O candidato frisou os problemas, ao nível da recolha de resíduos, que deveriam exigir “da parte da autarquia, uma pressão no sentido de comprometer a ARM com uma recolha eficiente”.

“Verifica-se, em vários pontos do Concelho, a falha que existe na recolha de resíduos, incluindo os conhecidos «monstros» e resíduos verdes que, além de se tornarem um problema de saúde pública com a disseminação de pragas de ratos e contaminação dos solos, são, também, um mau cartaz para quem nos visita”, destacou.

Para o candidato, é também urgente a criação de um “programa de sensibilização específico direcionado à população de Câmara de lobos, com ênfase nas escolas, da mesma forma que é fundamental promover a informação da recolha de «monstros» e resíduos verdes, evitando o seu abandono na via pública”.

Miguel Ganança propõe a criação de EcoCentros Municipais, infraestruturas onde as pessoas possam, gratuitamente, deixar os resíduos de maior volume, mas vai ainda mais longe: “é urgente que se traga para debate e se equacione a gestão de águas e resíduos que está a ser feita, atualmente, pela ARM e decidir se esta é a melhor opção para Câmara de Lobos”, concluiu.

Pin It on Pinterest

Share This