O JPP vai em breve divulgar uma síntese daquilo que foi o trabalho do partido nesta legislatura e, por esta via, “gostaríamos de comunicar a todos os cidadãos que na próxima quarta-feira, após as 16 horas, irá decorrer na Assembleia Legislativa da Madeira um debate potestativo sobre a iniciativa do JPP subordinada ao tema da mobilidade marítima entre a Madeira e o Continente.”

 

Será um debate estrutural e relevante “porque houve um senhor que em fevereiro de 2015, prometeu baixar o preço do transporte aéreo, prometeu baixar o preço do transporte de mercadorias e prometeu uma ligação ferry anual, de carácter semanal entre a Madeira e o Continente, mas, passados 4 anos, a realidade é aquela que a população conhece”! O debate terá o intuito de “analisar quem prometeu e não cumpriu e agilizar novas soluções e novas metodologias para o transporte marítimo da Região.”

 

Segundo o deputado Élvio Sousa, “o senhor vice-presidente do Governo Regional, prometeu à população, ainda este ano, que a eliminação da TUO-carga para as importações iria trazer uma redução do preço ao consumidor dos produtos. Mas tal não veio a acontecer. Por isso, terá de responder à população pelo facto dessa promessa não ter sido cumprida.” Em contrapartida, essa situação ajudou à rentabilidade de outros operadores.

 

O JPP revelou que um dos estudos encomendados pelo Governo Regional da Madeira ao Instituto Superior de Economia sobre a operação portuária conclui existir um “controlo da cadeia logística na Região e a ausência de concorrência no mercado portuário que coloca em risco a competitividade e a dinâmica logística da Região, ou seja, o atual modelo de operação portuária não ajuda, nem dinamiza a economia da Região”.

 

O JPP convida os cidadãos a assistir ao debate, como forma de acompanharem a questão do ferry e do transporte marítimo de mercadorias entre a Região e o Continente.

 

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This