Num momento de grandes dificuldades para o tecido empresarial e social, Élvio Sousa relembrou o papel fundamental que o poder local e as autarquias têm tido ao “corresponder, em primeira mão, às dificuldades da pandemia, tal como já enalteceu o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, ao falar ao País”.

“Nesta conjuntura, e sobretudo numa altura em que muitos teóricos e “tecnocratas de cadeira” se escandalizam, porventura, com a capacidade de apresentar soluções por parte dos autarcas, vimos enaltecer o pioneirismo de Santa Cruz, numa área perfeitamente fulcral da Região Autónoma da Madeira que é a Saúde”, destacou o deputado.

“Vejamos, logo que nós apresentamos o programa de apoio à realização de pequenas cirurgias, vieram os “arautos das competências” afirmar que isso não era função das câmaras, que isso era um disparate. Acontece, porém, que, nesta matéria e à incapacidade do Governo Regional da Madeira em resolver esta situação injusta para muitos cidadãos, nós já ajudamos 60 famílias a sair do negrume das listas de espera regionais, e este ano serão apoiadas mais 50 famílias em cirurgias de oftalmologia, urologia, otorrino e ortopedia”, salientou o líder parlamentar do JPP.

Élvio Sousa destacou um conjunto de apoios que têm sido desenvolvidos pelo JPP, em Santa Cruz, nomeadamente “cerca de 800 beneficiários de bolsas de estudo, o cartão Abem, que possibilita apoio direto na aquisição de medicamentos, mas vamos mais longe; Santa Cruz está a ajudar, diretamente, os empresários com o Fundo Social de Emergência Temporário e, ressalve-se, foi a primeira Câmara a isentar as taxas e rendas nos mercados e ocupação do espaço público”.

“Andam por aí muitos extremistas e fanáticos que espalham ódio e críticas pessoais sobre os autarcas, mas quando vamos verificar se têm concretizado algum projeto válido e real para melhorar a vida das pessoas, o que encontramos é paleio na rede social”, concluiu o deputado do JPP.

Pin It on Pinterest

Share This