Os candidatos do JPP visitaram os Bombeiros Sapadores do Funchal e tiveram ainda a oportunidade de conversar com responsáveis da Proteção Civil Municipal, cujas instalações são no mesmo edifício.

Estes profissionais cujo trabalho meritório desenvolvem, muitas vezes, com enorme dificuldade, merecem ser reconhecidos e as suas condições de trabalho têm de ser melhoradas. Há  necessidade de regulamentação administrativa da carreira de Técnico de Proteção Civil, permitindo a integração na legislação dos serviços municipais, além da regulamentação dos turnos e dos horários destes trabalhadores.

A falta de um técnico de gestão administrativa para apoio à direção dos Bombeiros Sapadores e da Proteção Civil é outra necessidade que tem de ser colmatada, assim como o rejuvenescimento do corpo de bombeiros, através da renoção dos quadros ao longo dos anos, garantindo grupos de efetivos de diferentes faixas etárias.

É de manter e expandir os núcleos de Proteção Civil, que garantem formação e ferramentas às populações mais vulneráveis à presença de incêndios florestais, permitindo que tenham autonomia de ação no primeiro instante.

Quanto às instalações, o JPP defende um novo quartel, em localização mais ajustada às necessidades de deslocação e vigilância, próprias da sua ação comunitária.

O candidato à Câmara Municipal do Funchal

Bruno Berenguer

Pin It on Pinterest

Share This