No âmbito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, o Juntos pelo Povo (JPP) apresentou, hoje, a reabilitação do Fontanário da Lombadinha, na freguesia de Gaula. Um investimento que visa a valorização do património, fruto de um trabalho conjunto entre o executivo liderado pelo JPP e a população. Relembre-se que Gaula é a única freguesia da Região com mais de uma dezena e meia de fontanários classificados como interesse municipal, dois lavadouros públicos classificados e uma casa de distribuição de água, em vias de classificação. “Estamos a falar daquilo que chamamos a Rota da Água, nomeadamente um património que faz parte do povo e que é da herança cultural.”

Na ocasião, Élvio Sousa, líder parlamentar do JPP e porta-voz da iniciativa, lembrou os sucessivos chumbos da maioria PSD/CDS aquando da apresentação de propostas que visam a preservação do património regional. “Nos primeiros quatro anos do Governo de Miguel Albuquerque não houve um único registo para classificação do património, a única coisa que foi feita, e que foi por proposta do JPP, foi a reclassificação do Mercado dos Lavradores, que era um imóvel de interesse municipal e foi proposto reclassificar como imóvel interesse público.”

“O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, andou adormecido durante um mandato, não classificou nenhum bem imóvel. Isto para dizer que neste momento é fundamental não só olhar para o património do século XIX, mas também para o do século XX. Os casos de que ouvimos falar, como o da Quinta do Sol e da piscina que queriam fazer no hotel do Pestana, são precisamente alertas que o Governo Regional deve ter em conta.”

 

Pin It on Pinterest

Share This