O grupo Parlamentar do JPP visitou, hoje, o engenho “O Reizinho” em Gaula, criado em 1982 pelo proprietário Florentino Ferreira, um empresário empreendedor do concelho de Santa Cruz.

“As autarquias, como órgãos mais próximos das populações, conhecem como ninguém as realidades sociais e económicas das populações que servem. Nesse sentido, tal como aconteceu com o sucesso do projeto Rota da Água, temos ajudado, diretamente e indiretamente, os empresários neste caso concreto com o apoio ao material promocional e de marketing. Daí que, ao contrário de outras forças politicas ressabiadas, tem havido um investimento assinalável na economia local e na cultura”, referiu o líder parlamentar do JPP.

“O engenho “O Reizinho”, produtor de rum, aguardentes e licores derivados da cana sacarina é, hoje, uma indústria com expressão internacional, e cujas produções, nomeadamente Rum agrícola e Gin’s, já são apreciados nos recantos mais longínquos do globo, tendo em 2020 sido premiado com duas medalhas de ouro no mais prestigiado certame asiático de vinhos e bebidas espirituosas, o China Wine & Spirits Awards” CWSA“, lembrou o deputado.

“Cientes desta mais-valia para a Freguesia, o executivo da junta de freguesia de Gaula decidiu apoiar esta atividade custeando a promoção de um folheto em três línguas (francês, inglês e português). Trata-se de um apoio na medida do parco orçamento da Freguesia, mas também uma mensagem de confiança e de reconhecimento para todos os agentes económicos que, na Freguesia realizam as suas atividades, gerando riqueza e emprego, o que na conjuntura atual se revela fundamental para o bem-estar da população”.

Élvio Sousa recordou que “nesta conjuntura, tem havido muita ansiedade por parte dos nossos colegas da oposição, com os seus “escravos” técnicos especialistas, nomeados de gabinete, que sofrem de fanatismo obsessivo, que julgam que a ajuda ao setor empresarial se faz com o trabalho de “corte e costura” na rede social. Vivem num mundo à parte, pois, como se costuma dizer, o nosso trabalho incomoda, e a realidade incomoda muito mais”, concluiu.

Pin It on Pinterest

Share This