Élvio Sousa denunciou hoje a situação que está a prejudicar mais de 50 moradores das Freguesias de Santa Cruz, Camacha e Santo António da Serra, no Município de Santa Cruz.

Em causa está a obra que decorre na conhecida “Levada da Serra do Faial” que já danificou os tubos de água potável que servem mais de 50 moradores destas zonas.

“Estes moradores têm a conhecida água de pena, bem adquirido pelos seus antepassados, sendo os mesmos que fazem a manutenção e limpeza de toda a rede”, referiu o deputado do JPP.

“Neste momento, com as obras, os tubos ficaram espalmados, sendo visível vários troços ao longo do percurso” o que, como salientou o deputado, “torna a rede mais suscetível a danos”.  Inclusive, “já foi necessário que os moradores procedessem à substituição de 2 partes do tubo pois estavam completamente danificados, com buracos”.

Élvio Sousa lembra que, já em 2012, aconteceu algo semelhante: “com as obras na lagoa, o Governo Regional, danificou os tubos, e quem teve de custear a despesa da substituição de toda a tubagem foram os proprietários”, sendo esta situação injusta, “uma vez que o Governo Regional é que foi responsável pela obra”.

 

O deputado do JPP conclui dando um prazo para que a ARM proceda a “uma vistoria e à devida substituição da rede que se encontre danificada, em 15 dias”, salvaguardando um direito daquela população.

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This