A Comissão Eventual para Acompanhamento da Auditoria externa à Frente MarFunchal, proposta pelo Juntos pelo Povo (JPP) e aprovada por maioria em Assembleia Municipal no passado dia 29 de abril, já se encontra constituída e tomou posse esta quarta-feira, 9 de maio.

A referida Comissão será presidida pelo deputado municipal do JPP, Orlando Fernandes, e tem como objetivo acompanhar, desde o seu início, os trabalhos dos auditores externos, providenciando, diligenciando e garantindo que a mesma decorra com os máximos padrões de qualidade e com todo o rigor técnico que a auditoria exige.

“Contrariando e desrespeitando uma resolução da assembleia, a Câmara Municipal do Funchal ainda não iniciou os procedimentos concursais necessários para a escolha da Empresa Auditora Externa que irá realizar esse trabalho”, lembra Orlando Fernandes.

Ainda sobre a Frente MarFunchal, sublinhe-se que está em curso uma intimação judicial que o JPP levou ao Tribunal Administrativo e Fiscal do Funchal, “após recusa da empresa em fornecer elementos essenciais para o procedimento de fiscalização, da competência dos deputados, nomeadamente, balancetes mensais, relatórios únicos e mapas de evolução dos funcionários, por categorias, de 2008 a 2018”.

Por outro lado, tendo sido já publicadas as contas de 2018, o JPP está a proceder a uma análise aprofundada daqueles elementos. “Dentro de poucos dias esperamos ter resultados para divulgar, que poderão contrariar afirmações públicas, de elementos do executivo camarário”, sublinha o deputado municipal do JPP.

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This