Na iniciativa desta manhã, em Santa Cruz, o Presidente Filipe Sousa denunciou, publicamente, “a postura dos elementos do PSD que ocupam diversos cargos legitimados pelo povo, desde o Governo à Assembleia, e que encaram os programas sociais desenvolvidos pela autarquia de Santa Cruz, como uma ofensa”, programas sociais devidamente regulamentados e publicados por esta autarquia.

“Ofensa são as falhas onde o Governo PSD/CDS falhou e falha, como a saúde”, realçou Filipe Sousa.

Segundo o Presidente, “de forma desonesta e não honrando o juramento que fizeram para defender a população e exercerem o cargo que lhes foi confiado pelo povo, com honestidade, lançam suspeitas e ignoram, por completo, os interesses das pessoas, porque só lhes interessa os objetivos eleitorais e partidários”, reforçou.

Filipe Sousa deixou o repto para que “essas pessoas venham falar com a população que está a ser apoiada, nomeadamente, nos apoios às pequenas cirurgias” pois, “é a elas, e não a mim, que ofendem, quando atiram a um programa social que faz tanta diferença na vida das pessoas”.

“Deixo dois exemplos: venham falar com uma senhora da Camacha que estava há anos na lista de espera para uma operação às cataratas e que, há 12 anos que já não conseguia ver os filhos; venham falar com a mãe de uma criança que não dormia bem, não descansava devidamente, o que influenciava o seu rendimento escolar, a sua alegria, o seu próprio desenvolvimento pois estava há demasiado tempo à espera de uma cirurgia ao nariz”.

“Essa gente do PSD, do Governo à Assembleia, que venha olhar nos olhos  destas pessoas, que venham criticar e questionar, lançando suspeitas infundadas, sobre os apoios que receberam e que lhes permitiu uma melhor qualidade de vida”, concluiu Filipe Sousa.

Pin It on Pinterest

Share This