O JPP esteve em contacto com a população do Caniço para esclarecer de que maneira o apoio social estará presente na realização das pequenas cirurgias, uma medida criada pelo município de Santa Cruz. Aproveitou também para denunciar o “incómodo que esta medida social está a causar, nomeadamente no PS e no PSD”. Segundo Élvio Sousa, “não queremos deixar passar em branco o incómodo do PS, que formalizou uma queixa à CNE (Comissão Nacional de Eleições) contra esta medida de apoio a pequenas cirurgias”.

O JPP considera a atitude do PS “inadmissível, pois um partido que se diz social e humanista formalizou uma queixa à Comissão Nacional de Eleições contra a Câmara de Santa Cruz, por esta estar a apoiar as pessoas num setor em que a Região falha constantemente, é manifestamente ingrato e mostra o nervosismo que esta medida social está a ter.”

Élvio Sousa responsabiliza também o cabeça de lista do PS às eleições regionais, Paulo Cafofo, por compactuar com esta atitude do partido socialista.

É de recordar que, o município de Santa Cruz é o primeiro e único município da Região a implementar esta medida social, dando o exemplo à Região. Élvio Sousa assegura que a medida vai avançar e que a Câmara já consignou 100 mil euros para o efeito, destacando que o regulamento está a ser disponibilizado e que a partir de maio “vamos por em marcha um plano de melhoria da qualidade de vida das pessoas.”

Em conclusão, o líder do JPP diz que o partido não vai admitir que continuem a aumentar as listas de espera e realça que “as pessoas não têm culpa pela falência da Região neste setor.

 

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This