Os últimos dados estatísticos revelam que Santa Cruz foi o concelho que mais cresceu em termos de população. Um indicador que atesta a qualidade de vida do nosso concelho, mas que também implica um sério desafio a quem ocupa os centros de decisão do poder local, pela proximidade que o caracteriza.

Neste sentido, não tenho dúvidas de que o plano que traçámos é o que melhor responde à dinâmica social e aos anseios da população que em nós depositou confiança.

E este plano segue uma aposta de futuro essencialmente alicerçada em dois vetores essenciais: a valorização dos nossos espaços públicos, e uma política social capaz de responder com eficácia às necessidades das famílias.

No domínio do investimento público importa prosseguir uma política de valorização dos nossos centros urbanos, mas também a criação de zonas de lazer que vão ao encontro das necessidades das famílias que escolheram Santa Cruz para viver e que funcione de atractividade para quem nos visita, potenciando assim o nosso tecido económico.

Na área social, a nossa aposta tem sido não só responder às franjas mais fragilizadas da população, com apoios à recuperação de habitação, apoio ao medicamento e ainda um sustentado plano de emergência social, suficientemente maleável para se adaptar às nuances sociais que nos são apresentadas.

No entanto, uma verdadeira política social não pode estar unicamente direcionada para uma pobreza extrema, mas tem também de apoiar as famílias no seu todo e no esforço que fazem, nomeadamente na educação das crianças e jovens.

Daí que o nosso grande esforço seja no apoio à educação, através de bolsas de estudo, cedência de manuais escolares, a que se vai juntar já no próximo ano o apoio ao pagamento das creches e jardins-de-infância e o apoio ao passe escolar dos universitários.

Santa Cruz tem sem dúvida um plano para o futuro que se segue e temos razões de sobra para acreditar que este concelho continuará a crescer.

*Artigo de opinião publicado no Diário de Notícias / 26-11-2018

Filipe Sousa
Filipe Sousa

Latest posts by Filipe Sousa (see all)

Observação:

– A responsabilidade das opiniões emitidas nos artigos de opinião são, única e exclusivamente, dos autores dos mesmos, pois a defesa da pluralidade de ideias e opiniões são a base deste espaço criado no site;
– Os posicionamentos ideológicos e políticos do JPP não se encontram refletidos, necessariamente, nos artigos de opinião contemplados nesse mesmo espaço de opinião.

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This