O Juntos pelo Povo (JPP) vai pedir uma audição parlamentar para esclarecer um conjunto de críticas e contradições, entre os responsáveis governamentais da Região e da República, no que diz respeito à garantia de apoios sociais para o regresso dos lusodescendentes à Madeira, tendo em conta os acontecimentos na Venezuela.

“Nesta audição parlamentar pretendemos chamar Jorge Carvalho, Secretário Regional da Educação com a tutela das Comunidades Madeirenses, e o Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro”, informou o deputado Carlos Costa.

Com esta medida, o JPP “quer ver esclarecidas críticas proferidas pelo presidente do Governo Regional, referindo que os apoios por parte da Segurança Social têm sido praticamente nulos ou, segundo o próprio, «não passa de conversa» e que tardam em chegar”. Por outro lado, Carlos Costa lembra que José Luís Carneiro já “refutou estas críticas relativamente à falta de apoio”.

O deputado do JPP lembra que se fala “no processo de cooperação e articulação entre os dois governos, relativamente a um conjunto de apoios, que estavam programados, da República para a Região, até porque compete ao Estado desempenhar um conjunto de responsabilidades com os encargos no acolhimento a estes lusodescendentes que regressam ao país”.

Contudo, perante os discursos contraditórios entre os dois governos e as reais necessidades destes cidadãos que regressam à Madeira e que necessitam de apoio em diversos setores, o JPP pretende saber “o que está a falhar”.

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This