O Juntos pelo Povo (JPP) está preocupado com o rápido aumento populacional de ratos na Região e com as consequências para a saúde pública. O alerta foi deixado esta manhã, em Câmara de Lobos, pelo deputado Rafael Nunes:

“Atualmente, existe um aumento anormal e problemático destes roedores, que prejudica as populações de zonas agrícolas, mas também das áreas urbanas. Um aumento nunca antes visto e que sai um pouco ao controlo das ações de extermínio.”

Por isso, o grupo parlamentar dará entrada, na Assembleia Legislativa da Madeira, a um diploma que pretende criar uma estrutura específica para este fim, através de uma correta planificação para reduzir esta praga.

“O JPP vai recomendar ao Governo Regional a criação de um plano estratégico integrado com as freguesias, municípios e diferentes secretarias governativas, que permita diminuir este crescimento anormal de ratos”, revelou Rafael Nunes.

O deputado do JPP sublinhou que se trata de “um problema de saúde pública” e lembrou o caso dos Açores, “que teve diversos problemas com a leptospirose, doença transmitida por estes ratos”. Neste sentido, é necessário intervir de forma eficaz para “evitar que estes problemas cheguem  à Região, salvaguardando a segurança e a saúde da população”.

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This