Perante a recente reação do secretário-geral do PSD, Rui Abreu, relativamente aos valores pagos com o projeto do Novo Hospital da Madeira, o Juntos pelo Povo (JPP)  tem a acrescentar

1 – Do conjunto dos documentos requeridos pelo JPP ao Governo Regional faziam parte, também, o pedido das provas de pagamento com as expropriações. O Governo Regional da Madeira não remeteu ao JPP um único comprovativo desses eventuais pagamentos de eventuais expropriações.

2- O JPP apenas fez as contas, não desmentidas pelo PSD, tendo por base um pedido de comprovativos de pagamentos de despesas com o Hospital, dirigidas ao Governo Regional da Madeira. Em síntese, dos alegados 8,2M que o governo diz que gastou, desde 2004, faltam comprovativos dos 3,7 Milhões de expropriações.

3- O JPP convida o secretário-geral do PSD e o Governo Regional da Madeira a mostrar publicamente as provas de pagamento dessas expropriações (no valor de 3,7M), até segunda-feira dia 4 de março de 2018. A bem da transparência, da verdade e da integridade.

4- Se não o fizer, o Governo Regional PSD incorre numa postura de dúvida e de desconfiança. Mas a fiscalização intensiva futura do JPP irá determinar e concluir a metodologia a seguir.

5 – Visando a transparência, o JPP informa que este sábado (3 de março) vai disponibilizar on-line (no site oficial do JPP), todos os recibos e comprovativos de pagamentos acerca do novo hospital da Madeira, que totalizam cerca de 4,5 milhões, dos quais 1,4 M, são apenas da execução do atual governo.

 

O secretário-geral do JPP
Élvio Sousa

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This