O Juntos pelo Povo (JPP) foi hoje à Ribeira Brava reafirmar o apoio à população, nomeadamente no que diz respeito à necessidade de reformular  a obra de recuperação da Levada do Norte – Lanço Sul, para o túnel do Espigão.

O deputado Élvio Sousa lembra que uma das saídas de um dos reservatórios na Eira do Mourão “colocará em causa a segurança dos terrenos e das habitações destas populações e também os direitos adquiridos, nomeadamente a propriedade de nascentes que ajudam no sustento de muitas famílias que vivem da agricultura, nos sítios da Eira do Mourão, Espigão, Fontes e Ribeira Funda”.

O Grupo Parlamentar do JPP já levou este assunto à Assembleia Legislativa da Madeira, alertando o Governo Regional e a Águas e Resíduos da Madeira (ARM) para esta situação e vai agora levar o tema à autarquia da Ribeira Brava “para saber qual a opinião da câmara sobre esta obra”.

Élvio Sousa não deixa de reconhecer “a importância da obra para o abastecimento de água”, mas ressalva que “é preciso ter em atenção os direitos adquiridos e a segurança das habitações e da população.”

Neste sentido, o JPP  vai reunir com a população das zonas altas da Ribeira Brava “para uma tomada de posição tendo em vista a resolução deste problema”.

Conferência de imprensa do JPP na Ribeira Brava

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This