O Governo Regional PSD tem vindo a propagandear a redução da dívida da Região. O Grupo Parlamentar do JPP fez as contas e “há gato escondido com rabo de fora”.

Vejamos os elementos retirados do Boletim da Dívida de Março de 2017 e das contas de 2016, em quatro pontos:

1.A DIVIDA GLOBAL DAS ENTIDADES PUBLICAS DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA (Quadro 1 do Boletim da Divida) cresceu 34 milhões de euros desde 31 de dezembro até 31 de Março. Sendo que neste aspeto a dívida que mais cresceu foi a da Administração Pública Regional em 59 milhões de euros.

  1. Preocupante assinala-se que a Dívida Financeira Direta aumentou cerca de 1% (de 3.222 para 3.351 M€), enquanto a divida não financeira aumentou cerca de 10% (de 452 para 481 M€). Por outro lado, a dívida indireta aumenta, neste trimestre, em 5M€, e a dívida pública pelo critério de Maastricht aumenta neste trimestre em 120M€.
  2. Note-se, ainda, que relativamente ao ultimo Boletim Trimestral de 12/ 2016 o Governo Regional PSD fez insuspeitas correções como por exemplo, na divida global. Onde anteriormente exibia 5.471 M€ surge, agora, com 5.410 M€. Assim sendo o JPP continua a manifestar reservas aos valores apresentados assim como grande preocupação relativamente ao aumento do passivo nas contas de 2016.
  3. A suposta “esperteza de quadros superiores financeiros” de alegadamente pretenderem esconder as Contas da Região relativa ao ano de 2016 , não deixa razão para dúvidas. Vejamos: o passivo passou de 3.875 M€ em 2015 para 3.912 M€ em 31 Dezembro de 2016. Um aumento de 140 MILHÕES.

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This