Agora que as Festas do Concelho de Santa Cruz chegaram ao fim, não pode o JPP deixar de lamentar alguns incidentes que só não mancharam as celebrações, porque não encontram eco no sentir da população deste concelho.

Lamentamos, por isso, a forma concertada como o PSD se apresentou na sessão solene, com três autênticas frentes de batalha posicionadas entre deputados municipais, Governo Regional, e, pasme-se, até o candidato do PSD à Câmara de Santa Cruz.

Por partes, lamenta-se que escudada numa suposta verdade que acha que lhe assiste, a deputada Vânia Jesus tenha feito um ataque violento à atual gestão da Câmara Municipal de Santa Cruz, com a agravante de ter faltado à verdade em várias das suas acusações. Deixamos apenas um exemplo: acusar esta autarquia de ter parado o investimento privado em Santa Cruz, quando várias inaugurações, nomeadamente no setor hoteleiro, e já depois da Ecotaxa, foram presididas pelo Governo do seu partido é má-fé.

Lamenta-se também o teor do discurso do senhor secretário regional das Finanças, num registo nunca antes visto em qualquer outra sessão solene e que não deve ser alheio à circunstância de o Dr. Rui Gonçalves ser mandatário financeiro da candidatura do PSD a Santa Cruz. Para quem nos acusa de minar o relacionamento institucional, não deixou um bom exemplo.

Por último, lamenta-se ainda que o candidato do PSD a Santa Cruz, numa arrogância ímpar, questione os eleitos e peça explicações de forma altiva e em plena cerimónia sobre homenagens aprovadas pelos órgãos autárquicos, não se percebendo em que papel se apresenta e de que legitimidade se julga investido.

O Secretário-geral do JPP
Élvio Sousa

Artigos Relacionados

Pin It on Pinterest

Share This